O que é obesidade sarcopênica?

Postado em 15 de setembro de 2011 | Autor: Natalia Lopes

A obesidade sarcopênica é uma condição clínica em que, simultaneamente,
há um aumento de gordura corporal e redução de massa muscular e força,
normalmente relacionada a idade. O envelhecimento é marcado como uma fase de
intensa mudança de composição corporal. Além da redução de massa muscular, pode
haver uma infiltração de gordura no músculo, reduzindo ainda mais sua
quantidade e desempenho físico.

O diagnóstico da obesidade sarcopênica segue os mesmos critérios
utilizados para o diagnóstico de sarcopenia e inclui a avaliação de massa
muscular, força muscular e função física, porém ainda há grande divergência
entre os pontos de corte definidos nos estudos.

Embora a mudança de composição corporal com a idade seja inevitável, a
obesidade sarcopênica é uma condição modificável, podendo assim ser prevenida e
tratada após uma terapia efetiva. Entre questões relacionadas à obesidade
sarcopênica, a atividade física e alimentação adequada são fatores de estilo de
vida chaves para prevenir e atrasar a perda muscular e a obesidade no
envelhecimento.

Entre as consequências da obesidade sarcopênica, Wannamethee e Atkins
(2015) afirmam que essa condição provoca maior ocorrência de distúrbios
metabólicos e aumento do risco de mortalidade quando comparada à obesidade ou à
sarcopenia isoladamente.

 

Referências:

CRUZ-JENTOFT, A. J. et al. Sarcopenia:
European consensus on definition and diagnosis. Age And Ageing, [s.l.], v.
39, n. 4, p.412-423, 13 abr. 2010. Oxford University Press (OUP).
http://dx.doi.org/10.1093/ageing/afq034.

LEE, Duck-chul
et al. Physical activity and sarcopenic obesity: definition, assessment,
prevalence and mechanism. Future Science Oa, [s.l.],
v. 2, n. 3, p.127-146, set. 2016. Future Science, LTD.
http://dx.doi.org/10.4155/fsoa-2016-0028.

WANNAMETHEE, S.
Goya; ATKINS, Janice L.. Muscle loss and obesity: the health implications of
sarcopenia and sarcopenic obesity. Proceedings Of The Nutrition
Society, 
[s.l.], v. 74, n. 04, p.405-412, 27 abr. 2015.
Cambridge University Press (CUP).
http://dx.doi.org/10.1017/s002966511500169x.

 

Cadastre-se e receba nossa newsletter