>


Por que crianças com até 1 ano de idade não podem consumir mel?

Postado em 15 de dezembro de 2016 | Autor: Alweyd Tesser

A recomendação de evitar o uso do mel em crianças menoresde 12 meses visa à prevenção de botulismo.

O botulismo é uma intoxicação alimentar que atinge osistema nervoso e pode causar tremores, dificuldade de deglutição, moleza nocorpo e falta de apetite. Em casos mais graves, há o risco de insuficiênciarespiratória e de complicações neurológicas. De acordo com o Guia Brasileiro deVigilância Epidemiológica, a doença é responsável por 5% das mortes súbitas emcrianças menores de 1 ano de idade.

Isso acontece porque o sistema gastrintestinal da criançaainda não está totalmente desenvolvido. Crianças mais velhas e adultos, eliminamo bacilo Clostridium botulinium, oresponsável pelo problema, sem dificuldade. Por isso, não correm o risco desofrer intoxicação.

Baseada em estudos que mostram a presença de bactériascausadoras do botulismo intestinal em amostras de mel, a Agência Nacional deVigilância Sanitária (Anvisa) emitiu um alerta para que pais e educadores nãoincluam o mel na alimentação de crianças menores de um ano de idade.

Um dos estudos citados no relatório da Anvisa foiconduzido por Ragazani e colaboradores, que analisaram cem amostras de melcomercializadas por ambulantes, mercados e feiras livres, em seis Estados doBrasil (São Paulo, Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais, Ceará, Santa Catarina). Em61% das amostras foi observada a presença de bactérias esporuladas. Dentreessas amostras, 39% apresentaram bactérias sulfito-redutoras, sendo que 11%eram do gênero Clostridium e 28% do gênero Bacillus. Dentre os 11% isolados deClostrídios, 7% foram confirmados como sendo Clostridium botulinum. Assim os resultados obtidos pelos autoresreforçam a recomendação.

Cadastre-se e receba nossa newsletter