>


GLIM: avanços e atualizações – Cobertura ASPEN 2022

Postado em 29 de março de 2022

GLIM: avanços e atualizações

Nessa sessão discute-se o posicionamento e importância do Global Leadership Initiative on Malnutrition (GLIM).

A Dra. Maria de Lourdes* acompanhou esta sessão do ASPEN 2022 e nos conta que o GLIM deve ser visto como uma ferramenta de avaliação nutricional globalizada.

Esta ferramenta, possui uma interface importante entre desnutrição e inflamação nos processos de doença aguda e crônica e deve ser promovida de forma global, contando com líderes em vários continentes.

A avaliação através do GLIM é realizada considerando-se os critérios fenotípicos e etiológicos. São 3 os critérios fenotípicos: perda de peso, IMC ou redução da massa muscular. Já entre os critérios etiológicos estão a redução da ingestão ou da assimilação dos nutrientes e inflamação, de acordo com a lesão ou doença aguda ou crônica.

Na prática clínica, propõe-se, inicialmente, a utilização de uma ferramenta de rastreamento e, se positiva, segue-se com a aplicação do GLIM para diagnóstico nutricional e avaliação do grau de gravidade, através da intensidade dos critérios fenotípicos.

Ainda não há consenso sobre o melhor marcador para inflamação, mas já existem vários estudos de validação, que comparam o GLIM com a avaliação subjetiva global, concluindo que o GLIM pode ser uma ferramenta que avalia desnutrição. Outros estudos também demonstraram que ele pode ser um preditor de mortalidade.

Dra Lourdes destaca, ainda, a aula da Dra Maria Cristina Gonzalez sobre a circunferência da panturrilha (CP). Esta apresenta alta correlação direta e indireta com as medidas da musculatura esquelética, pode ser associada a perda muscular e idade, tem sido usada para diagnóstico da sarcopenia e diversos estudos tem associado baixa CP com mortalidade em doença cardio vascular e câncer.

Veja o vídeo ou ouça o podcast e entenda por que a CP provavelmente fará parte da avaliação fenotípica do GLIM.

 

 

*Dra. Maria de Lourdes Teixeira da Silva

Mestre em Medicina (Gastroenterologia) pelo Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia
Especialista em Nutrição Parenteral e Enteral pela Sociedade Brasileira de Nutrição Parenteral e Enteral – BRASPEN
Diretora do GANEP Nutrição Humana

 

Patrocínio:

Terapia Nutricional em pacientes graves

Cadastre-se e receba nossa newsletter