fbpx


O que é disbiose intestinal e como preveni-la

Postado em 18 de abril de 2020 | Autor: Redação Nutritotal

Saiba mais sobre os micro-organismos que regulam a nossa saúde

Todos os dias, milhares de bactérias, fungos e outros micro-organismos exercem funções importantes à saúde de cada pessoa. São eles quem ajudam na digestão dos alimentos, no controle do metabolismo e a regular os processos imunológicos do nosso corpo.

Mas quando há um desequilíbrio desses micro-organismos em órgãos importantes como o intestino pode ocorrer o que os especialistas em saúde chamam de disbiose. De acordo com um estudo publicado no periódico Experientia Supplementum, fatores como a alimentação, a idade, a dieta, o estresse e doenças podem causar esse problema.

Se não tratada a tempo, a disbiose pode favorecer o surgimento de doenças como inflamações intestinais, a síndrome do intestino irritável (IBS), diabetes, obesidade, câncer e distúrbios cardiovasculares e até do sistema nervoso central. Por isso, veja a seguir como lidar com esse desequilíbrio com algumas dicas de prevenção:

4 recomendações para prevenir a disbiose intestinal

Esse desequilíbrio da flora intestinal reduz a capacidade de absorção de nutrientes, por isso é fundamental cuidar do quadro.

Silhueta de mulher segurando um intestino de papel com uma mão e, com outra, um coração de papel. Ela está atrás de uma mesa repleta de diversos alimentos, como frutas e leite em jarras de vidro.

A saúde intestinal merece atenção sempre | Imagem: Shutterstock

Consuma probióticos

Os chamados probióticos são microrganismos vivos que podem trazer benefícios à saúde do hospedeiro. Alguns exemplos incluem os Lactobacillus, Bifidobacterium, Streptococcus e Saccharomyces. Eles podem contribuir com o tratamento de diarreia, gastrite por H. pylori, doenças inflamatórias intestinais e doenças hepáticas.

E também prebióticos

Além dos probióticos, um estudo publicado pelo The Turkish Journal Of Gastroenterology investigou os efeitos de prebióticos (componentes que não são digeríveis) e dos simbióticos (que une probióticos e prebióticos). O teste foi feito em crianças que apresentavam sintomas gastrointestinais e que tinham síndrome do intestino irritável. Como conclusão, eles observaram uma redução do inchaço e da constipação após as refeições com esses componentes.

Tenha hábitos saudáveis

As principais causas da disbiose intestinal estão relacionadas à falta de práticas de vida saudáveis. Por esse motivo, ter uma alimentação equilibrada, não fumar, não exagerar na bebida alcoólica e tentar se estressar menos são recomendações que podem ajudar tanto na prevenção quanto no tratamento do quadro.

Consulte um profissional de saúde

Se sentir sintomas como inchaço abdominal ou alteração do hábito intestinal, como alternância entre diarreia e constipação, procure ajuda médica e nutricional para realizar o diagnóstico e seguir uma alimentação adequada para lidar com esses sintomas.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referências bibliográficas:

Belizário JE. et al. Microbiome and Gut Dysbiosis. Experientia Supplementum,2018.

Lopes N. O que é simbiose e disbiose? Nutritotal Pro, 2018.

Ahmet B. et al. Efficacy of synbiotic, probiotic, and prebiotic treatments for irritable bowel syndrome in children: A randomized controlled trial. The Turkish Journal Of Gastroenterology, [s.l.], v. 27, n. 5, p.439-443, 25 out. 2016. AVES Publishing Co.

-

Assine nossa newsletter: