fbpx

Aprenda uma deliciosa receita de berinjela recheada com carne moída

Postado em 1 de outubro de 2019 | Autor: Redação Nutritotal

Veja como preparar o prato e entenda as diferenças entre as versões cozida, grelhada e frita desse legume

A berinjela é, sem dúvidas, um dos ingredientes mais versáteis da culinária. Além de compor a salada e integrar acompanhamentos, ela pode brilhar mais no cardápio fazendo parte de uma lasanha, como base de uma pizza ou até compondo um saboroso estrogonofe. Mas não para por aí. Quem é fã desse legume pode apostar ainda mais na versatilidade dele e preparar uma receita de berinjela recheada com carne moída.

Quer aprender esse prato? A nutricionista Beatriz Valverde ensina como a seguir:

Receita de berinjela recheada com carne moída

Fácil de fazer, o prato leva alguns minutos no forno e é uma ótima pedida para as refeições.

Duas berinjelas recheadas em prato

Versátil, o legume pode compor diversas receitas | Imagem: Shutterstock

Rendimento: 3 porções
Tempo de preparo: 30 minutos

Ingredientes
500 g de carne moída
3 tomates
3 cebolas pequenas
3 col. (sopa) de alho picado
Azeite (somente para refogar)
3 berinjelas médias
Sal a gosto

Modo de preparo

  1. Refogue a carne moída com o tomate picado, a cebola picada, o alho e o azeite.
  2. Em seguida, corte a tampa das berinjelas e faça um corte cone dentro para introduzir o recheio, que será a carne refogada.
  3. Asse as berinjelas recheadas por 20 minutos em forno médio. Sirva ainda quente e tempere com ervas a seu gosto.

Outras ideias para aproveitar os benefícios do legume

Você sabia que as diferentes formas de cocção da berinjela afetam seus nutrientes? Foi isso que investigou um estudo divulgado no periódico International Journal on Advanced Science Engineering Information Technology.

A pesquisa comparou diversas formas de preparar o alimento nas refeições, como a berinjela grelhada, frita e cozida no vapor. E a análise concluiu que o método de vapor apresenta os melhores resultados em termos de propriedades físico-químicas e de antioxidantes do legume.

Em compensação, a aceitação do sabor foi maior com a berinjela frita entre as pessoas que participaram do teste, em comparação com as outras duas versões, apesar de a fritura ser considerada a menos saudável pelo estudo.

Por fim, a textura e a cor também foram analisadas: quanto mais cozida era a berinjela, mais a sua cor se alterava e menos propriedades antioxidantes eram encontradas no legume.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referência bibliográfica:

Beatriz Valverde é nutricionista clínica, pós-graduanda em Nutrição Esportiva Funcional. Possui certificação em gastronomia pela Le Cordon Bleu (Paris). Amante de nutrição comportamental e mindful eating, tem dois artigos publicados e reconhecidos internacionalmente sobre esses temas.

Ruri A. S. et al. Effects of Different Cooking Methods on the Physico-Chemical and Quality Attributes of Eggplants. International Journal on Advanced Science Engineering Information Technology, 2016.

Leia também