fbpx

Custos da terapia nutricional enteral e parenteral conforme doença e desfecho

Postado em 2 de outubro de 2017 | Autor: Marcella G. Gava Brandolis

Pesquisadoresrealizaram uma análise econômica de custos da terapia nutricional enteral eparenteral, conforme o tipo de doença e o desfecho (sobreviventes versus óbitos) através de um estudotransversal, observacional, retrospectivo, com estratégia qualitativa equantitativa, a partir da análise de contas hospitalares de uma operadora desaúde da Região Sul do Brasil.

Foramanalisadas 301 contas hospitalares: 208 apenas com dieta enteral, 32 apenas comdieta parenteral, e 61 com dieta enteral e parenteral (uso concomitante ounão). O número total de dias de internação foi de 3.084 dias, com média de10,24 (DP±3,69), e o número total de dias de dieta foi de 2.193, com média de7,28 (DP ±3,68). O custo relacionado à dieta representou 35,4% do custo hospitalartotal, sendo que a terapia nutricional enteral representou  59,8% do custo total com dietas.

Os maiorescustos com dieta foram observados em internações relacionadas a infecções,cânceres e doenças cérebro-cardiovasculares. Os maiores custos com dietaparenteral foram observados nas internações relacionadas aos cânceres (64,52%)e às síndromes demenciais (46,17%). A maior relação entre o custo total comdieta e o custo total hospitalar foi encontrada na síndrome demencial (46,32%)e no câncer (41,2%). Os usuários que foram a óbito consumiram 51,26% dos custostotais das contas, sendo 32,81% com dieta.

Comos dados obtidos neste estudo, os autores identificaram que as terapiasnutricionais enteral e parenteral representaram uma parte importante dos custospara o tratamento de indivíduos hospitalizados, principalmente nos casos dos câncerese nas síndromes demenciais.

Referência:

Hyeda A, Costa ÉSMD. Economic analysis of costs with enteral and parenteral
nutritional therapy according to disease and outcome.
Einstein (Sao
Paulo).
2017 Apr-Jun;15(2):192-199.

 

Leia também