>


Ingestão de suco de manga Ubá reduz adiposidade e inflamação

Postado em 27 de maio de 2016 | Autor: Alweyd Tesser

Resultados de um estudo conduzido por pesquisadores brasileiros publicado na Nutrition demonstraram que a ingestão de suco de manga Ubá tem potencial como um alimento funcional que é capaz de reduzir o risco de obesidade metabólica associada com a adiposidade e inflamação.
 
O presente estudo analisou a quantidade de compostos fenólicos totais e a atividade antioxidante de sucos de manga Ubá em diferentes condições de armazenamento. Os parâmetros bioquímicos foram avaliados em quatro grupos experimentais: ratos com ingestão de ração padrão controle normal (AIN-93M), ratos controle de obesidade com ingestão de dieta hiperlipídica (HFD), ratos obesos que ingeriram dieta hiperlipídica e suco de manga Ubá (MHFD) e ratos obesos que ingeriram dieta hiperlipídica e suco de manga Ubá enriquecido (HMHFD).
 
O suco do grupo MHFD foi preparado com a polpa de manga e água (1:2 w/w). O suco de manga enriquecido foi preparado utilizando o extrato de casca de manga adicionado à polpa de manga (1:2 w/w). O extrato de casca foi preparado fervendo uma mistura de casca de manga e água (1:5 w/w) a 100 °C durante 5 min. Ambos os sucos foram purificados em um filtro de malha de aço de 6 mm para padronizar o conteúdo de partículas insolúveis.
 
Em todos os grupos, foram avaliadas a expressão gênica de receptores ativados por proliferador de peroxissoma-γ (PPAR-γ), de lipoproteína lipase (LPL), da enzima ácidos graxo sintase (FAS), do fator de necrose tumoral-alfa (TNF-α), e interleucina-10 (IL-10), bem como foi determinada a histomorfologia do tecido adiposo epididimal.
 
Ambos os sucos apresentaram altas concentrações de compostos fenólicos e atividade antioxidante. Além disso, a adição de extrato de casca de manga aumentou a concentração destes compostos por, pelo menos, 32,4% (p 0,05).
 
O peso corporal, ganho de peso, índice de massa corporal (IMC), gordura visceral e índice de adiposidade do grupo de controle obesos alimentados com HFD foi maior do que o grupo que recebeu dieta AIN-93 (p <0,05). Além disso, a ingestão de suco de manga no grupo MHFD reduziu estas medidas (p 0,05).
 
As dietas contendo suco de manga e suco de manga enriquecido demonstraram efeitos antioxidantes e anti-inflamatórios, aumentando a lipoproteína de alta densidade (HDL), PPAR-γ e LPL, e diminuindo a glicemia, colesterol total, a enzima hepática alanina aminotransferase (ALT), FAS e TNF-α. Além disso, a histologia do tecido adiposo epididimal confirmou o efeito do suco de reduzir a hipertrofia dos adipócitos.
 
“A ingestão dos sucos de manga Ubá apresentou melhoria da expressão gênica e citocinas relacionadas com adiposidade e inflamação, e também diminuiu parâmetros bioquímicos, hipertrofia dos adipócitos e peso em ratos obesos, a níveis semelhantes ao controle normal. No entanto, a adição da casca não resultou em melhor efeito in vivo porque a dose de ingestão de antioxidantes tem um limite em termos de promoção dos benefícios”, concluem os autores.
 
“Assim, a manga Ubá tem potencial como um alimento funcional, uma vez que os polifenóis presentes na polpa mostraram efeitos moduladores importantes na inflamação e adipogênese, indicando potencial para prevenir e combater a obesidade”, afirmam.
Referência (s)

Gomes Natal DI, de Castro Moreira ME, Soares Milião M, Dos Anjos Benjamin L, de Souza Dantas MI, Machado Rocha Ribeiro S. et al. Ubá mango juices intake decreases adiposity and inflammation in high-fat diet-induced obese Wistar rats. Nutrition. 2016 [Epub ahead of print].

Leia também



Cadastre-se e receba nossa newsletter