fbpx


Nota Técnica da SBD sobre Dieta Low Carb para Diabetes Tipo 1

Postado em 4 de fevereiro de 2021 | Autor: Aline Palialol

Reduzir ou eliminar o consumo de carboidratos pode não ser uma opção tão eficaz quanto parece

Os Departamentos de Nutrição, de Diabetes na Criança e no Adolescente e Diabetes Tipo 1 (DM1) no Adulto da Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD) publicaram uma nota sobre a recomendação de dieta low carb para pacientes diabéticos do tipo 1.

As diretrizes da SBD orientam um consumo de, no mínimo, 130g de carboidrato por dia. Enquanto a American Diabetes Association, enfatiza a preocupação que o profissional de saúde deve ter com a cultura e as preferências alimentares do paciente para manter o prazer da alimentação.

Como o carboidrato é o macronutriente que mais afeta a glicemia, a dieta low carb tornou-se comumente defendida no meio científico e popular. No entanto, os estudos produzidos sobre essa dieta carecem de dados importantes para concluir que a recomendação é segura para todos os pacientes com DM1.

Para crianças portadoras da DM1, a sugestão da prática da deita low carb é insegura, pois ainda não se sabe os efeitos da redução drástica de carboidratos no desenvolvimento e crescimento, além do aumento de risco de dislipidemia por substituir os carboidratos por proteínas e gorduras. As diretrizes britânicas e canadenses de diabetes, inclusive, destacam que a dieta low carb pode causar cetoacidose pela beta oxidação do excesso de corpos cetônicos no organismo.

Por fim, a nota declara que o profissional que sugerir essa dieta para um paciente com DM1 deve se atentar aos fatores individuais de cada paciente, além de fazer um acompanhamento rígido para evitar os prejuízos que podem surgir com essa alimentação. Além disso, a SBD preconiza a importância do cuidado com as especificidades e necessidades nutricionais de cada paciente, pois garantir o controle glicêmico e o desenvolvimento saudável deve ser uma prioridade acima de qualquer estratégia restritiva.

Acesse o documento completo fazendo o download do PDF abaixo.

  • DOWNLOAD

Assine nossa newsletter: