O que são os 1000 dias das crianças?

Postado em 15 de julho de 2019 | Autor: Natália Lopes

A janela de oportunidades dos 1000 dias correspondem aos 270 dias da gestação mais os primeiros 2 anos de vida

Os primeiros 1000 dias correspondem ao período desde a concepção, totalizando os 270 dias da gestação, mais os primeiros dois anos de vida da criança. Atualmente, os pediatras enxergam essa fase de rápidas e importantes modificações fisiológicas como uma janela de oportunidades, em que estratégias adequadas de incentivo a boa alimentação materna e da criança seriam capazes de otimizar o seu desenvolvimento e promover modificações metabólicas capazes de reduzir o risco de doenças crônicas ao longo da vida.

Sabemos que a ocorrência de determina doença ou característica é influenciada em cerca de 20% por questões genéticas e 80% por questões ambientais. Assim, associamos ao conceito dos 1000 dias o conceito de Imprinting metabólico, que relaciona a exposição ambiental e nutricional durante esse período à modificações dos padrões de expressão genética, com influência sobre fenótipos e funções fisiológicas. Nesse sentido, nota-se a importância do estado de saúde materno, incluindo o período periconcepcional, gestacional e pós-natal precoce, no desenvolvimento e crescimento saudável da criança. A desnutrição materna, por exemplo, pode resultar em retardo do crescimento intra-uterino e distúrbios metabólicos, como resistência à insulina, diabetes, hipertensão e dislipidemia, além de maior risco de aterosclerose e morte fetal.

Entre os fatores maternos que influenciam o epigenoma fetal destacam-se: idade materna, exposição a radiação e toxinas, fumo, uso de medicamentos, estresse, prática de exercícios físicos, IMC, metabolismo de carboidratos, consumo de gorduras saturadas e trans, ômegas, consumo adequado e/ou suplementação de micronutrientes e compostos bioativos. Entre os nutrientes e compostos bioativos mais importantes nessa fase, podemos incluir o ácido fólico, vitamina D, vitamina B12, vitamina A, ferro, magnésio, zinco, cálcio, ácido docosahexaenóico (DHA) e probióticos, que muitas vezes são suplementados antes mesmo da concepção quando a gravidez é planejada.

Após o nascimento, a atenção se volta a importância do aleitamento materno exclusivo até os seis meses de vida do bebê, sendo de grande conhecimento a rica composição nutricional do leite humano e sua importância no desenvolvimento do bebê. Após os seis meses, inicia-se a introdução alimentar, sendo essa uma fase crucial para a adoção de bons hábitos alimentares ao longo da vida. Nessa fase, deve-se ofertar quantidades adequadas de água, calorias, proteínas, gorduras, vitaminas e minerais, através de uma ampla variedade alimentar, que contemple todos os grupos de alimentos.

Embora muitos mecanismos ainda precisem ser esclarecidos, é fato que os primeiros 1000 dias representam uma janela de oportunidade e modulação metabólica, já que é uma fase de grande crescimento e neuroplasticidade, influenciada por inúmeros fatores ambientais, incluindo a alimentação que tem um importante papel na prevenção de doenças como obesidade, diabetes e doença cardiovasculares   ao longo da vida.

Referências:

JANG, Hyeran; SERRA, Carlo. Nutrition, Epigenetics, and DiseasesClinical Nutrition Research, [s.l.], v. 3, n. 1, p.1-8, 2014. Korean Society of Clinical Nutrition (KAMJE).

PIMENTEL, Carolina Vieira de Melo; ELIAS, Maria Fernanda; PHILIPPI, Sonia Tucunduva. Alimentos Funcionais e Compostos Bioativos. 1ed. Barueri: Manole, 2019.

SZOSTAK-WEGIEREK, Dorota. Intrauterine nutrition: long-term consequences for vascular health. International Journal Of Women’s Health, [s.l.], p.647-656, jul. 2014. Dove Medical Press Ltd.

VICKERS, Mark. Early Life Nutrition, Epigenetics and Programming of Later Life Disease. Nutrients, [s.l.], v. 6, n. 6, p.2165-2178, 2 jun. 2014. MDPI AG. http://dx.doi.org/10.3390/nu6062165.

VILLARES, José Manuel Moreno. Los mil primeros días de vida y la prevención de la enfermedad en el adulto. Nutrición Hospitalaria, [s.l.], p.8-11, 12 jul. 2016. ARAN Ediciones

Leia também