fbpx

Relação entre dieta enteral, diarreia e estado nutricional em pacientes com câncer

Postado em 13 de janeiro de 2021 | Autor: Marcella Gava

Pacientes com câncer apresentam grande risco para desnutrição

Estudo avaliou a efetividade de um protocolo de dieta enteral oligomérica na melhora do estado nutricional e redução dos sintomas de diarreia em pacientes com câncer. Para isso, foi realizado um estudo prospectivo observacional em 15 centros oncológicos na Espanha com pacientes com câncer que recebiam alguma terapia de tratamento oncológico (radio e/ou quimioterapia). O estado nutricional do paciente, características das fezes e características clínicas antes de entrarem no protocolo da dieta enteral oligomérica e após 8 semanas de protocolo. A avaliação nutricional foi realizada através da avaliação subjetiva global, a consistência das fezes através da escala de Bristol e monitorado a tolerância a dieta.

Fizeram parte do estudo 149 pacientes com idade média de 68,6 anos sendo 55% homens. Desses, 34,9% dos pacientes estavam em risco nutricional, 54,4% desnutrido moderadamente e 10,7% desnutrido gravemente. Após as 8 semanas de terapia nutricional com dieta enteral oligomérica, o estado nutricional melhorou para 48,3% dos pacientes, reduzindo as porcentagens de pacientes desnutridos e aumentando o número de paciente em risco para desnutrição (p<0,001), independente do quadro clínico e tratamento. Após a intervenção, melhoraram significativamente o IMC (p=0,004), a albumina sérica (p<0,001), a consistência e a frequência das fezes (p<0,0041) em relação ao início do estudo. O estado nutricional não dependeu das alterações na consistência das fezes, e mesmo em pacientes que não apresentaram melhora na consistência e/ou frequência das fezes,  houve melhora do estado nutricional (p=0,04) e albumina sérica (p=0,009), incluindo aqueles com diarreia persistente. Do total de participantes, 72,3% receberam toda a dieta prescrita, apresentando uma boa tolerância em 80,3% dos pacientes.

Dessa maneira, os autores concluíram que o protocolo de dieta enteral oligomérica pareceu ser efetivo na melhora do estado nutricional, na redução da frequência de evacuações e consistência das fezes em pacientes em tratamento oncológico relacionado à diarreia.

Referência

Sanz-Paris A, et al. Clinical and Nutritional Efectiveness of a Nutritional Protocol with Oligomeric Enteral Nutrition in Patients with Oncology Treatment-Related Diarrhea. Nutrients, 2020.

 

Leia também