fbpx

Teste seus conhecimentos sobre a melhor alimentação para quem tem pressão alta

Postado em 27 de abril de 2020 | Autor: Redação Nutritotal

Veja o que você sabe sobre a dieta DASH e os alimentos presentes nela

Escondido entre os alimentos industrializados, o sódio é um nutriente que, em excesso, pode elevar a pressão arterial, e com isso, causar um problema que você provavelmente já ouviu falar: a hipertensão (ou seja, pressão alta). Mas por meio de mudanças na alimentação, é possível prevenir essa comorbidade.

Uma das alternativas nutricionais amplamente pesquisada por cientistas é a chamada dieta DASH, uma sigla que, traduzida do inglês, significa Abordagens Dietéticas para Parar a Hipertensão Arterial. Essa dieta defende, por exemplo, a redução de sódio para cerca de 1500 mg/dia.

Quer saber mais sobre as mudanças necessárias na alimentação e como a dieta DASH pode ser uma aliada para quem tem a pressão alta? Faça nosso teste a seguir e descubra:

Teste: o que você sabe sobre alimentação para quem tem pressão alta?

Escolha uma alternativa para cada uma das perguntas a seguir.

Mesa com diversos alimentos, como abacate, carnes e brócolis, itens que fazem parte da alimentação para controlar pressão alta.

Alguns itens que fazem parte da alimentação para controlar pressão alta | Imagem: Shutterstock

1 – A dieta DASH sugere que você consuma:



Acertou quem respondeu a A. Segundo um material de revisão divulgado pelo periódico StatPearls, a dieta DASH sugere uma quantidade de cinco porções ao dia de legumes e frutas, além de carboidratos saudáveis como grãos integrais, proteínas magras, produtos lácteos com baixo teor de gordura e porções de nozes e sementes.

2 – Qual destas gorduras NÃO é indicada para quem segue essa alimentação contra pressão alta:




Se você disse B, acertou. De acordo com o mesmo artigo de revisão do StatPearls, gorduras ruins, que incluem a margarina, gordura vegetal e óleos vegetais parcialmente hidrogenados podem causar um aumento de colesterol LDL. Opte por gorduras boas como o azeite, as nozes, o abacate e os peixes ricos em ômega 3.

3 – Na dieta DASH, você precisa cortar as fontes de carboidrato. Essa afirmação é:


 A afirmação é falsa, portanto, quem optou pela alternativa B, acertou.
Segundo informações do StatPearls, dietas com pouco carboidrato não são tão saudáveis, pois podem levar à diminuição da ingestão calórica ou ao consumo de gorduras não saudáveis como forma de substituição. Por isso, é necessário incluir carboidratos saudáveis na dieta, como vegetais de folhas escuras (couve, brócolis, espinafre), grãos integrais, frutos com baixo índice glicêmico e leguminosas.

4 – As opções de proteínas na dieta incluem:

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referência bibliográfica:

Challa HJ. et al. DASH Diet (Dietary Approaches to Stop Hypertension). StatPearls, 2020.

Leia também



Assine nossa newsletter: