fbpx


Dieta para aumentar a imunidade funciona mesmo?

Postado em 22 de março de 2021 | Autor: Redação Nutritotal

Descubra o que é verdade e o que é falso sobre essa relação

Milhões de células compõem o nosso sistema imunológico. Essa é a parte do nosso organismo responsável por reagir a ataques de vírus, bactérias e outros micro-organismos que podem comprometer a saúde e levar ao desenvolvimento de doenças. E em tempos de pandemia, mais do que nunca essa barreira natural do nosso corpo ganhou destaque, e desde o ano passado pra cá muito se falou sobre o uso de suplementos ou até de uma dieta para aumentar a imunidade.

Quando falamos de coronavírus, embora até o momento nenhum alimento por si só seja a solução para prevenir ou tratar a Covid-19, a ciência já sabe que certas escolhas no cardápio podem sim fortalecer as defesas do corpo. E com uma imunidade melhor, podemos ficar mais preparados para prevenir e combater doenças.

Quer saber quais são os principais mitos e verdades a respeito da dieta para aumentar a imunidade? Então confira a seguir alguns deles, baseados em estudos científicos:

4 mitos e verdades sobre a dieta para aumentar a imunidade

Pessoa cortando cebola

Imagem: Freepik

Usar alho para temperar a comida do dia a dia pode ajudar a reforçar a imunidade

Parcialmente verdade. O alho possui substâncias capazes de estimular as células do nosso sistema imunológico, reprimindo atividades inflamatórias e lidando com as alterações hormonais. Porém, para ter efeito sobre o sistema imune, o alimento teria que ser consumido cru.

Já a cebola deve ser evitada, pois compromete o sistema imunológico

Mito. Assim como o alho, a cebola é rica em nutrientes que podem regular, de maneira positiva, o sistema imunológico. E seu efeito ficou comprovado tanto para pequenas porções quanto para quem realizou seu consumo diário, segundo pesquisas.

Frutas ricas em vitamina C, como a laranja, podem curar a gripe e ajudar a imunidade

Parcialmente verdade. Não existe uma fruta milagrosa que cure diretamente doenças como gripes e resfriados, mas sim dietas que podem ajudar na prevenção dessas doenças. Contudo, é verdade que a vitamina C protege as células do organismo contra o estresse oxidativo causado por infecções, fortalecendo o sistema imunológico.

Alimentos probióticos são aliados do sistema imune

Verdade. Alimentos probióticos são aqueles que podem ajudar a saúde do seu intestino, por meio de “micro-organismos do bem”, que equilibram a microbiota intestinal. Dentre eles, é possível citar iogurtes, leites fermentados e o kefir; as frutas têm fibra, que tem ação probiótica.

Outras dicas

Agora que você sabe os mitos e verdades sobre a dieta para aumentar a imunidade, veja o que mais pode contribuir para fortalecer as defesas do corpo no vídeo da nutricionista Natália Lopes:

Não perca nenhuma dica nutricional preciosa! Inscreva-se no canal do Nutritotal Para Todos no YouTube e siga nossas páginas no Facebook e no Instagram.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referências bibliográficas:

Ian A. Fast food fever: reviewing the impacts of the Western diet on immunity. Nutr J. 2014

Mustafa M. et al. The effects of allium sativum on immunity within the scope of COVID-19 infection. Medical Hypotheses, 2020.

Yosuke H. et al. Effect of Welsh onion (Allium fistulosum L.) green leaf extract on immune response in healthy subjects: a randomized, double-blind, placebo-controlled study. Functional Foods in Health and Disease, 2019.

CARR, A. C. et al. Vitamin C and Immune Function. Nutrients, v. 9, n. 11, 3 nov. 2017.

Assine nossa newsletter: