A suplementação de ácido fólico pode levar ao desenvolvimento do câncer?

Postado em 17 de março de 2011 | Autor: Rita de Cássia Borges de Castro

Depende. Apesar de diversos estudos científicos terem demonstrado que o ácido fólico possui efeitos benéficos na prevenção de diferentes tipos de câncer, outros estudos sugerem que a sua suplementação pode aumentar o risco de desenvolvimento do câncer e acelerar a progressão tumoral.
O aumento do desenvolvimento do câncer está relacionado principalmente quando o ácido fólico é administrado em concentrações elevadas (> 800 µg) quando já existe a presença de lesões pré-neoplásicas.

O ácido fólico desempenha um papel essencial na modulação da carcinogênese, pois está envolvido diretamente na síntese do DNA (ácido desoxirribonucléico) e em eventos epigenéticos, como na metilação do DNA (processo que regula a expressão de genes).

A suplementação do ácido fólico, isolado ou em multivitamínicos, e a ingestão de alimentos fortificados podem levar a um consumo elevado desta vitamina. Assim, o excesso de ácido fólico em pacientes com câncer pode servir como um nutriente adicional para o crescimento do tumor, ou seja, haverá disponibilidade abundante de vitamina para facilitar a proliferação de células de rápida divisão, sendo esta uma característica da maioria dos tecidos displásicos (pré-cancerosa) e malignos (cancerígena).

Por outro lado, na maioria das circunstâncias envolvendo indivíduos saudáveis, a disponibilidade adequada de ácido fólico parece assumir o papel de um agente de proteção do câncer, provavelmente por aumentar a estabilidade genética.

Portanto, existem cada vez mais indícios de que o ácido fólico apresenta ações paradoxais no desenvolvimento do câncer, que dependerá da dose, tempo e do momento da suplementação (sem a presença de lesões pré-neoplásicas).

Leia mais:

ÁCIDO FÓLICO: Em que situações a suplementação é necessária?

Quais as fontes alimentares de ácido fólico e zinco?

Tabela de Recomendação diária de ácido fólico

 

Bibliografia

Giovannucci E, Chan AT. Role of vitamin and mineral supplementation and aspirin use in cancer survivors. J Clin Oncol. 2010;28(26):4081-5.

Mason JB. Folate, cancer risk, and the Greek god, Proteus: a tale of two chameleons. Nutr Rev. 2009;67(4):206-12.

Bassoli BK. Ácido fólico: efeitos paradoxais na promoção da hepatocarcinogênese em ratos. Tese (doutorado) – Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo. São Paulo, 2009.

Cadastre-se e receba nossa newsletter