As adolescentes grávidas têm necessidades nutricionais específicas?

Postado em 21 de fevereiro de 2019 | Autor: Natália Lopes

Adolescentes grávidas requerem maior atenção, pois mãe e filho podem competir por nutrientes

Sim, pois é importante considerar que a gestante adolescente está, ela própria, em fase de crescimento e desenvolvimento, havendo maior preocupação com a adequação de macro e micronutrientes, sobretudo em situações de deficiência, como a anemia.

É importante considerar também o estado nutricional pré-gestacional, que deve ser classificada pelo índice IMC/idade, segundo as curvas da OMS para crianças e adolescentes. Feito isso, determina-se a meta de ganho de peso e este passa a ser acompanhado como o de uma gestante adulta.

Para o cálculo das necessidades nutricionais, OMS recomenda que, a partir do primeiro trimestre, deve haver um aumento de 285 kcal/dia ou 200 kcal/dia, de acordo com o nível de atividade física da gestante.  Segundo a RDA (Recommended Dietary Allowances), publicada em 1989, deve haver um acréscimo de 300 kcal somente a partir do segundo trimestre, para gestantes eutróficas. Segundo as DRIs (Dietary References Intakes), as necessidades nutricionais da gestante no primeiro trimestre é igual ao da mulher não-gestante, no segundo trimestre deve haver um acréscimo de 340kcal/dia e no terceiro trimestre, acrescenta-se 452kcal/dia.

Podemos ainda, calcular as necessidades calóricas de acordo com o estado nutricional pré-gestacional:

– 30kcal/kg/dia para mulheres eutróficas

– 24kcal/kg/dia para mulheres com peso pré-gestacional maior que 120% do peso ideal

– 36 a 40kcal/kg/dia para mulheres com peso pré-gestacional abaixo de 90% do peso ideal.

Independente das necessidades nutricionais da paciente, é importante orientar a gestante adolescente sobre a importância de adotar bons hábitos alimentares para ela e para o bebê.

Referências:

ROSSI, Luciana; CARUSO, Lucia; GALANTE, Andrea Polo. Avaliação nutricional: novas perspectivas. 2ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2015.

VITOLO, Márcia Regina. Nutrição: da gestação ao envelhecimento. 2ed. Rio de Janeiro: Rubio, 2015.

DIAS, Maria Carolina Gonçalves et al. Gravidez. In: Waitzberg, Dan L. Nutrição Oral, Enteral e Parenteral na Prática Clínica. 5ed. Rio de Janeiro: Atheneu, 2017.