fbpx


Benefícios do sal light para a pressão arterial

Postado em 16 de agosto de 2021 | Autor: Aline Palialol | Tempo de leitura: 4 min

Com a adição de potássio, o sal light tem menor concentração de sódio

Benefícios do sal light

As doenças cardiovasculares (DCV) são um tipo de doença crônica não transmissível (DCNT), que acomete inúmeras pessoas pelo mundo devido à alimentação não saudável. A hipertensão arterial é um dos fatores de risco para essa DCNT e na Índia, segundo país mais populoso do mundo, os números são altos: estima-se que 25,3% dos adultos tenham pressão arterial elevada.

Sabendo disso e da relação extremamente próxima que se estabelece entre o consumo excessivo de sódio e a hipertensão, as sociedades de hipertensão são praticamente unânimes em orientar a redução do sal dietético. A OMS, por exemplo, recomenda que sejam consumidas no máximo 5g de sal por dia, o equivalente a 2g de sódio. A população indiana, no entanto, consome cerca de 10g de sal por dia, o que pode explicar o alto índice de pessoas com hipertensão no país.

Considerando esses números e essa relação, um estudo selecionou 502 indianos da área rural que tinham hipertensão para avaliar a aceitabilidade, o uso e os efeitos na pressão arterial deles com a substituição do sal comum pelo sal light durante 3 meses. O sal light tem uma menor concentração de sódio devido à adição de cloreto de potássio no produto, reduzindo o consumo do cloreto de sódio.

Os participantes foram divididos em dois grupos: o grupo controle que recebeu uma embalagem idêntica a de sal light, porém com sal comum e o grupo de análise que recebeu o sal light (o sal utilizado na pesquisa tinha 70% de cloreto de sódio e 30% de cloreto de potássio). Não foi definido um consumo mínimo ou máximo do sal, os participantes tinham liberdade de consumir o quanto estavam acostumados.

Foram realizadas 5 visitas, nas quais os pacientes tiveram a pressão arterial aferida, coleta de urina de 24h e ao final foram questionados sobre o uso e aceitabilidade do sal. Sobre o uso e aceitabilidade, os resultados foram semelhantes. Ambos os grupos relataram uso diário e em quase todas as refeições, considerando agradável o sabor dos dois sais.

Comparando o grupo controle com o grupo de análise, primariamente observou-se que a pressão arterial sistólica sofreu mudanças no segundo grupo

Logo, a pesquisa concluiu que a substituição do sal comum pelo light demonstrou reduções importantes na pressão arterial dos participantes que fizeram uso desse sal, podendo ser uma intervenção eficaz visto a precariedade do acesso ao atendimento médico e a medicamentos para hipertensão na Índia. Entretanto, é importante ressaltar o cuidado que se deve ter com a hipercalemia (elevada concentração sérica de potássio), presente principalmente em pacientes com doença renal que não conseguem excretar esse mineral.

 

Referência

Jie Yu, Sudhir Raj Thout, Qiang Li, Maoyi Tian, Matti Marklund, Clare Arnott, Mark D Huffman, Devarsetty Praveen, Claire Johnson, Liping Huang, Simone Pettigrew, Bruce Neal, Jason H Y Wu, Effects of a reduced-sodium added-potassium salt substitute on blood pressure in rural Indian hypertensive patients: a randomized, double-blind, controlled trial, The American Journal of Clinical Nutrition, Volume 114, Issue 1, July 2021, Pages 185–193

 

Cadastre-se e receba nossa newsletter