>


Dieta mediterrânea reduz o risco de progressão da degeneração macular

Postado em 18 de janeiro de 2016 | Autor: Alweyd Tesser

Um estudo publicado no The American Journal of Clinical Nutrition demonstrou que a alta adesão à dieta mediterrânea foi associada com um menor risco de progressão da degeneração macular relacionada à idade (DMRI) para a fase avançada.
 
O estudo AREDS (Age-Related Eye Disease Study) contou com a participação de 2.525 pessoas, dos quais 1.028 apresentaram evolução para DMRI avançada após 13 anos. Dados alimentares foram coletados por meio de questionários de frequência alimentar e a adesão à dieta mediterrânea foi constada a partir da pontuação Amedi. 
 
A pontuação Amedi vai de 0 a 9 e inclui nove componentes: legumes, frutas, grãos integrais, nozes, peixe, carnes vermelhas e processadas e álcool, e a razão de gorduras saturadas e monoinsaturadas. É estabelecida uma pontuação para o consumo de cada alimento ou grupo alimentar, de acordo com a propensão desses alimentos serem saudáveis ou não. Quanto maior o resultado, maior a adesão à dieta mediterrânea.
 
De acordo com os resultados, a maior pontuação Amedi (escore de 6-9) foi significativamente associada com um risco reduzido de progressão para DMRI avançada após o ajuste para co-variáveis demográfica, comportamental, ocular e genética (HR: 0,74; 95% IC: 0,61, 0,91; p = 0,007).
 
A análise genética demonstrou que entre os indivíduos com 1 ou 2 alelos que não contribuem para a doença, aqueles com uma pontuação Amedi elevada apresentaram aproximadamente um terço menor risco de progressão do que aqueles com menor adesão a esta dieta.
 
“Esses resultados sugerem que o maior consumo de alimentos que compõem a dieta mediterrânea está associado com um risco reduzido de progressão para DMRI avançada”, concluem os autores. “Fatores modificáveis, como a ingestão alimentar são, portanto, de extrema importância na prevenção desta doença”, afirmam.
Referência (s)

Merle BM, Silver RE, Rosner B, Seddon JM. Adherence to a Mediterranean diet, genetic susceptibility, and progression to advanced macular degeneration: a prospective cohort study. Am J Clin Nutr. 2015; 102(5):1196-206.

Leia também



Cadastre-se e receba nossa newsletter