Dieta vegetariana é eficaz para o controle do peso

Postado em 30 de abril de 2015 | Autor: Alweyd Tesser

 

Um estudo publicado no The American Journal of Clinical Nutrition sugere que as dietas vegetarianas podem ser tão eficazes quanto as dietas à base de carne para o controle do apetite durante a perda de peso corporal em humanos.
 
Trata-se de um estudo randomizado, cruzado, no qual 20 homens obesos (índice de massa corporal, IMC, maior que 27 kg/m2) participaram de uma intervenção dietética. Após passarem 2 dias com uma dieta de manutenção, que continha 15% do valor calórico total (VCT) provenientes de proteínas, 30% de lipídeos e 55% de carboidratos, os pacientes foram aleatoriamente distribuídos entre dois grupos de dietas para perda de peso. Um grupo ingeriu uma dieta hiperprotéica com proteína de soja (DHPV) e outro grupo seguiu uma dieta hiperprotéica com proteínas de carnes (DHPC). Após duas semanas seguindo essas dietas, os pacientes trocaram de grupos, de maneira que aqueles inicialmente que consumiram proteína vegetariana, passaram a consumir proteínas de carne, e os pacientes que consumiram proteína de carne passaram a consumir proteínas vegetarianas durante mais duas semanas.
 
Ambas as dietas continham 30% do VCT de proteína, 30% de lipídeos e 40% de carboidratos. Diariamente, os pacientes eram pesados e avaliados quanto ao apetite. Também foram coletados biomarcadores de saciedade (grelina e peptídeo YY) no final de cada período de dieta.
 
A composição corporal dos participantes foi realizada através da técnica de pletismografia por deslocamento de ar, método padrão ouro desenvolvido para análise do IMC que utiliza a superfície corporal para determinar a composição corpórea (gordura, massa magra e densidade).
 
A média do IMC dos participantes foi de 34,8 ± 3,8 kg/m². Durante as duas semanas de acompanhamento, os indivíduos perderam, em média, 2,41 kg com o consumo da dieta DHPV e 2,27 kg com o consumo da dieta DHPC [p=0,352, desvio padrão da diferença (DPD)= 0,1]. 
 
As análises dos resultados confirmaram que a fome subjetivamente classificada (p=0,569, DPD:3,8), plenitude (p=0,404, DPD:4.1), desejo de comer (p=0,356, DP:3,7), a preservação da massa magra (p = 0,334, DPD:0,2) e perda de percentual de gordura (p = 0,179, DPD: 0,2) não diferiram entre as duas dietas. Houve diferenças nas concentrações absolutas de grelina e peptídeo YY entre as duas dietas.
 
Diante dos resultados os autores concluem que as dietas vegetarianas à base de soja são uma boa alternativa em relação a dieta à base de carne em uma dieta hiperprotéica para perda de peso. “Não somente a soja, mas outras leguminosas poderiam representar uma fonte alternativa de proteína para substituir fontes de proteína animal” afirmam os autores.
Referência (s)

Neacsu M, Fyfe C, Horgan G, Johnstone AM. Appetite control and biomarkers of satiety with vegetarian (soy) and meat-based high-protein diets for weight loss in obese men: a randomized crossover trial. Am J Clin Nutr. 2015;100(2):548-58.

Cadastre-se e receba nossa newsletter