Efeitos distintos de duas estratégias de alimentação enteral

Postado em 23 de janeiro de 2015 | Autor: Alweyd Tesser

Os resultados de um estudo indicam que há diferenças fisiológicas distintas entre sonda nasogástrica de alimentação contínua e em bolus no esvaziamento gastrintestinal, no fluxo de fluido intestinal, no fluxo sanguíneo esplênico e na secreção de hormônios gastrointestinais.
 
Trata-se de um estudo crossover randomizado no qual doze participantes saudáveis do sexo masculino foram submetidos à intubação nasogástrica antes de um exame de ressonância magnética e receberam 400 mL de Resource Energy® (Nestlé) como um bolus durante 5 minutos ou continuamente durante quatro horas através de uma bomba. Alterações no volume gástrico, conteúdo de água do intestino delgado e do fluxo sanguíneo da artéria mesentérica superior e velocidade foram avaliados através de ressonância magnética e da dosagem de glicose no sangue e concentrações plasmáticas de insulina, peptídeo YY.
 
A alimentação em bolus conduziu a elevações significativas no volume gástrico (p <0,0001), fluxo de sangue na artéria mesentérica superior (P <0,0001) e velocidade (P = 0,0011) em comparação com a alimentação contínua. Ambos os tipos de alimentação reduziram o teor de água no intestino delgado, embora tenha havido um aumento do teor de água do intestino delgado com alimentação em bolus após 90 minutos (P <0,0068). Da mesma forma, os dois tipos de alimentação levaram a uma queda na concentração de grelina plasmática, embora essa queda tenha sido maior com a alimentação em bolus (P <0,0001). A alimentação em bolus também aumentou as concentrações de insulina (P = 0,0024) e de péptido YY (P <0,0001), o que não foi visto com a alimentação contínua.
 
“Observamos que a sonda nasogástrica contínua não elevou o volume do gástrico, teor de água do intestino delgado, o fluxo de sangue na artéria mesentérica, inverso ao que ocorreu com um volume equivalente dado via bolus”, concluem os autores.
Referência (s)

Chowdhury AH, Murray K, Hoad CL, Costigan C, Marciani L, Macdonald IA, et al. Effects of Bolus and Continuous Nasogastric Feeding on Gastric Emptying, Small Bowel Water Content, Superior Mesenteric Artery Blood Flow, and Plasma Hormone Concentrations in Healthy Adults: A Randomized Crossover Study. Ann Surg. [Epub ahead of print]

Cadastre-se e receba nossa newsletter