fbpx


Eficácia de duas ferramentas de triagem nutricional em pediatria

Postado em 7 de junho de 2021 | Autor: Marcella Gava | Tempo de leitura: 2 min.

Foram testadas duas ferramentas de triagem em crianças que estavam nas alas clínica e cirúrgica de um hospital da Grécia.

Crianças hospitalizadas estão em alto risco de desenvolver desnutrição e a avaliação adequada do estado nutricional desta população é prejudicada devido às diferentes manifestações de desnutrição e de doenças sobre os marcadores de desnutrição e de sua evolução.

O estudo conduzido por Katsagoni e colaboradores avaliou a eficácia de duas ferramentas de avaliação do risco nutricional (ARN): o escore de desnutrição pediátrico Yorkhill (Paediatric Yorkhill Malnutrition Score – PYMS) e a ferramenta de triagem para avaliação da desnutrição em pediatria (Screening Tool for the Assessment of Malnutrition in Paediatrics – STAMP), comparado à avaliação clínica dos nutricionistas.

Foi realizado um estudo prospectivo com crianças internadas nos hospitais pediátricos por ao menos um dia. Foram aferidos peso, estatura, IMC, aplicados o PYMS e o STAMP e avaliada a ingestão dietética.

Fizeram parte do estudo 1506 crianças com idade média de 5,7 anos e IMC médio de 16,6 kg/m². O PYMS mostrou melhor concordância com o julgamento dos nutricionistas, melhor acurácia diagnóstica e na determinação do status de crescimento em comparação ao STAMP, utilizando como comparação os dados da WHO e os gráficos helênicos de crescimento. A prevalência de risco nutricional foi de 13,1% e 14,9%, para médio e alto risco, respectivamente. O tempo de hospitalização foi maior nas crianças que apresentaram alto risco em comparação com baixo risco nutricional.

Assim, os autores concluíram que o PYMS foi superior ao STAMP baseado na sensibilidade e especificidade em relação ao julgamento clínico dos nutricionistas. Sua eficácia foi independente dos gráficos de crescimento usados (OMS ou helênicos) ou das enfermarias avaliadas (clínica ou cirúrgica), portanto, recomenda-se seu uso na prática clínica.

Referência

Katsagoni, C.N. et al. Malnutrition in Hospitalised Children. An Evaluation of the Efficacy of Two Nutritional Screening Tools. Nutrients 2021, 13, 1279.

Assine nossa newsletter: