fbpx


Eficácia de duas ferramentas de triagem nutricional em pediatria

Postado em 7 de junho de 2021 | Autor: Marcella Gava | Tempo de leitura: 2 min.

Foram testadas duas ferramentas de triagem em crianças que estavam nas alas clínica e cirúrgica de um hospital da Grécia.

Crianças hospitalizadas estão em alto risco de desenvolver desnutrição e a avaliação adequada do estado nutricional desta população é prejudicada devido às diferentes manifestações de desnutrição e de doenças sobre os marcadores de desnutrição e de sua evolução.

O estudo conduzido por Katsagoni e colaboradores avaliou a eficácia de duas ferramentas de avaliação do risco nutricional (ARN): o escore de desnutrição pediátrico Yorkhill (Paediatric Yorkhill Malnutrition Score – PYMS) e a ferramenta de triagem para avaliação da desnutrição em pediatria (Screening Tool for the Assessment of Malnutrition in Paediatrics – STAMP), comparado à avaliação clínica dos nutricionistas.

Foi realizado um estudo prospectivo com crianças internadas nos hospitais pediátricos por ao menos um dia. Foram aferidos peso, estatura, IMC, aplicados o PYMS e o STAMP e avaliada a ingestão dietética.

Fizeram parte do estudo 1506 crianças com idade média de 5,7 anos e IMC médio de 16,6 kg/m². O PYMS mostrou melhor concordância com o julgamento dos nutricionistas, melhor acurácia diagnóstica e na determinação do status de crescimento em comparação ao STAMP, utilizando como comparação os dados da WHO e os gráficos helênicos de crescimento. A prevalência de risco nutricional foi de 13,1% e 14,9%, para médio e alto risco, respectivamente. O tempo de hospitalização foi maior nas crianças que apresentaram alto risco em comparação com baixo risco nutricional.

Assim, os autores concluíram que o PYMS foi superior ao STAMP baseado na sensibilidade e especificidade em relação ao julgamento clínico dos nutricionistas. Sua eficácia foi independente dos gráficos de crescimento usados (OMS ou helênicos) ou das enfermarias avaliadas (clínica ou cirúrgica), portanto, recomenda-se seu uso na prática clínica.

Referência

Katsagoni, C.N. et al. Malnutrition in Hospitalised Children. An Evaluation of the Efficacy of Two Nutritional Screening Tools. Nutrients 2021, 13, 1279.

Cadastre-se e receba nossa newsletter