fbpx

Hipertensão arterial e COVID-19, há evidências?

Postado em 14 de setembro de 2020 | Autor: Nicole Perniciotti

Veja quais são as possíveis hipóteses para a incidência de hipertensão em pacientes com COVID-19

 

O periódico Journal of Clinical Hypertension de Greenwich publicou um estudo de revisão onde investiga o índice de pacientes com hipertensão arterial e o fator de risco da doença no COVID-19.

Quais foram as comorbidades mais prevalentes em pacientes com COVID-19?

  • Diabetes
  • Hipertensão arterial
  • Doenças cardiovasculares
  • Doenças pulmonares

Apesar dos resultados apontarem a hipertensão como um importante fator de risco, os dados sobre os desfechos de pacientes com hipertensão e COVID-19 ainda são escassos.

Qual a hipótese?

Dentre os estudos que foram investigados, alguns especularam sobre a associação entre o sistema renina-angiotensina-aldosterona (RAAS) e a suscetibilidade a COVID-19 nos pacientes analisados, assim como a relação entre os inibidores do RAAS e o aumento da mortalidade nesses pacientes.

Comparando parâmetros

O artigo apresenta tabelas de comparação de todos estudos analisados com dados de parâmetros demográficos e comorbidades que receberam alta e também com desfechos fatais e ressalta que apesar da pressão mundial para descoberta de dados precisos sobre o novo coronavírus, devemos manter a abordagem científica sobre todos os dados disponíveis.

Faça o download e veja a comparação dos parâmetros encontrados em todos os estudos analisados.

  • DOWNLOAD

Referência

Tadic, M., Cuspidi, C., Grassi, G., & Mancia, G. COVID‐19 and arterial hypertension: Hypothesis or evidence? The Journal of Clinical Hypertension.2020

Leia também