fbpx


Níveis adequados de vitamina D previnem anemia na gestação

Postado em 26 de fevereiro de 2016 | Autor: Alweyd Tesser

Resultados de um estudo publicado no The American Journal of Clinical Nutrition sugerem que em adolescentes grávidas, níveis de vitamina D abaixo do ideal foram associados com aumento do risco de insuficiência de ferro e vice-versa.
 
Trata-se de um estudo prospectivo longitudinal com 158 adolescentes grávidas (idade ≤ 18 anos). Níveis séricos de 25-hidroxivitamina D [25(OH)D] e ferro circulantes foram avaliados nas mães na metade da gestação (~ 25 semanas) e no parto (~ 40 semanas).
 
De acordo com os resultados, os níveis maternos de 25(OH)D foram associados à hemoglobina, tanto na metade da gestação quanto no momento do parto (p<0,01).
 
As chances de anemia no momento no parto foi 8 vezes maior em adolescentes com baixas concentrações de 25(OH)D (<50 nmol/L) do que naquelas com concentrações ideais (≥50 nmol/L) (p<0,001). A concentração de 25(OH)D foi inversamente associada com eritropoietina durante a gestação (p<0,05) e no parto (p<0,001).
 
Segundo os autores, a relação significativa observada entre os níveis de 25(OH)D e hemoglobina pode ser explicada por uma relação direta entre 25(OH)D e hemoglobina e uma relação indireta que foi mediada por eritropoietina.
 
“Este é o primeiro estudo a demonstrar a existência de inter-relações significativas entre os níveis de vitamina D e anemia durante a gestação. Adolescentes grávidas com concentrações séricas abaixo do ideal de 25 (OH) D foram significativamente mais propensas a serem anêmicas do que aqueles com concentrações ideais”, concluem os autores.
Referência (s)

Thomas CE, Guillet R, Queenan RA, Cooper EM, Kent TR, Pressman EK, et al. Vitamin D status is inversely associated with anemia and serum erythropoietin during pregnancy. Am J Clin Nutr. 2015; 102(5):1088-95.

Cadastre-se e receba nossa newsletter