O que é Silimarina?

Postado em 9 de dezembro de 2016 | Autor: Alweyd Tesser

A silimarina é uma mistura de flavonoides extraída das sementes de Silybum marium, uma planta da família Asteraceae. É originária do sul da Europa até a Ásia e atualmente encontrada em todo o mundo.

É largamente utilizada em doenças hepáticas, em doenças da vesícula biliar e também como hepatoprotetor contra venenos.

Estudos experimentais em animais demonstraram uma ação hepatoprotetora da silimarina contra o paracetamol, radiação, sobrecarga de ferro, faloidina e tetracloreto de carbono. Essa ação hepatoprotetora pode ocorrer pela inibição da formação de peróxidos lipídicos, eliminação de radicais livres, mudança das propriedades físicas das membranas celulares e pela redução da fibrogênese hepática.

Embora a silimarina tenha sido usada principalmente para tratar doenças hepáticas, sua atividade antidiabética foi recentemente relatada e está associada a um perfil anti-glicação, inibição da aldose redutase, atividade agonista parcial no receptor ativado por proliferador de peroxissomo (PPARγ), capacidade antioxidante e eliminação radical. Todas estas características tornam esse composto, um candidato interessante para a prevenção e tratamento de complicações diabéticas, que tem sido recentemente demonstrado tanto em modelos experimentais quanto em seres humanos (o mesmo que para quercetina e resveratrol).

Bibliografia

Boigk G, Stroedter L, Herbst H, et al. Silymarin retards collagen accumulation in early and advanced biliary fibrosis secondary to complete bile duct obliteration in rats. Hepatology. 1997; 26(3):643-9.

Floersheim GL, Eberhard M, Tschumi P, Duckert F. Effects of penicillin and silymarin on liver enzymes and blood clotting factors in dogs given a boiled preparation of Amanita phalloides. Toxicol Appl Pharmacol. 1978;46(2):455-62.

Lemos-Júnior HP, Lemos ALA. Silimarina. Diagn Tratamento. 2012; 17(1):18-20.

Pereira TMC, Pimenta FS, Porto ML, Baldo MP, Campagnaro BP, Gava A, et al. Coadjuvants in the Diabetic Complications: Nutraceuticals and Drugs with Pleiotropic Effects. Int J Mol Sci. 2016; 17(8): 1273.

Rauen HM, Schriewer H. Die antihepatotoxische Wirkung von Silymarin bei experimentellen Leberschädigungen der Ratte durch Tetrachlorkohlenstoff, D-Galaktosamin und Allylalkohol [The antihepatotoxic effect of silymarin on liver damage in rats induced by carbon tetrachloride, d-galactosamine and allyl alcohol]. Arzneimittelforschung. 1971; 21(8):1194-201.

Szilárd S, Szentgyörgyi D, Demeter I. Protective effect of Legalon in workers exposed to organic solvents. Acta Med Hung. 1988; 45(2):249-56.

Tuchweber B, Sieck R, Trost W. Prevention of silybin of phalloidin-induced acute hepatoxicity. Toxicol Appl Pharmacol. 1979; 51(2):265-75.

Valenzuela A, Barría T, Guerra R, Garrido A. Inhibitory effect of the flavonoid silymarin on the erythrocyte hemolysis induced by phenylhydrazine. Biochem Biophys Res Commun. 1985; 126(2):712-8.

Voroneanu L, Nistor I, Dumea R, Apetrii M, Covic A. Silymarin in Type 2 Diabetes Mellitus: A Systematic Review and Meta-Analysis of Randomized Controlled Trials. J Diabetes Res. 2016; 2016:5147468.

Cadastre-se e receba nossa newsletter