>


Perfil lipídico é preditor de melhora no controle glicêmico

Postado em 19 de agosto de 2016 | Autor: Alweyd Tesser

Estudo publicado no The American Journal of Clinical Nutrition demonstrou que as alterações no perfil lipídico de indivíduos obesos consumindo dieta de baixa caloria (LCD – low-caloric diet) durante 8 semanas permitiram prever a resistência à insulina desses pacientes após 6 meses de manutenção de peso.
 
Em um estudo randomizado e controlado, os pesquisadores investigaram o lipidoma plasmático de 383 pacientes obesos, não-diabéticos, submetidos a uma intervenção de 8 semanas com LCD (800 – 1000 kcal/dia), e depois, 6 meses de manutenção de peso.
 
Após a perda de peso, uma assinatura de lipídios identificou 2 grupos de pacientes que eram comparáveis no início do estudo, mas que diferiram em suas capacidades para perder peso e melhorar o controle glicêmico. Seis meses após o LCD, um grupo teve melhoria significativa no controle glicêmico. O outro grupo não mostrou nenhuma melhora no controle glicêmico. Estas diferenças foram sustentadas por cerca de 1 ano após a LCD.
 
“Alterações de lipídios plasmáticos durante uma intervenção de 8 semanas de LCD nos permitiram prever a resistência à insulina pacientes após 6 meses de manutenção de peso”, concluem os autores. “A determinação da composição lipídica de um indivíduo durante uma LCD permite a identificação de pacientes não respondedores e pode ajudar no gerenciamento de resultados metabólicos com mais intervenção, melhorando o resultado a longo prazo e prevenção do diabetes”, afirmam.
Referência (s)

Valsesia A, Saris WH, Astrup A, Hager J, Masoodi M. Distinct lipid profiles predict improved glycemic control in obese, nondiabetic patients after a low-caloric diet intervention: the Diet, Obesity and Genes randomized trial. Am J Clin Nutr. 2016 [Epub ahead of print]

Leia também



Cadastre-se e receba nossa newsletter