>


Suplementação de extrato de chá verde associado com vitamina C protege a pele de queimaduras solares

Postado em 15 de fevereiro de 2013 | Autor: Rita de Cássia Borges de Castro

Pesquisadores do Reino Unido publicaram na revista British Journal of Nutrition um estudo preliminar que demonstrou efeitos benéficos da suplementação de extrato do chá verde associado com vitamina C na proteção contra queimaduras e inflamação causadas por raios solares.

Foram avaliados nesse estudo 14 indivíduos, sendo a maioria do sexo feminino (n=12), com idade entre 29 a 59 anos. Os participantes receberam, durante doze semanas, suplementos orais na forma de cápsulas, que totalizaram 1350 mg de extrato de chá verde (sendo 540 mg de catequinas) e 50 mg de vitamina C, diariamente, junto com o café da manhã. Os pesquisadores relataram que a baixa dose de vitamina C foi adicionada para estabilizar o extrato de chá verde no lúmen intestinal.

No período pré e pós-suplementação, a pele foi exposta a radiação ultravioleta (UV) por um simulador solar, que imita a luz do sol, com doses iguais para todos os participantes. Foram coletadas urina, pele (por meio de biópsia) e suor para analisar o conteúdo de catequinas e mediadores inflamatórios.

Os pesquisadores verificaram que no período pré-suplementação houve aumento nos níveis do ácido 12-hidroxieicosatetraenoico (12-HETE) e prostaglandina E2 (PGE2) na pele. Essas substâncias são mediadores de respostas imunes, indutores da inflamação e quando produzidos em excesso podem desencadear desordens inflamatórias e proliferativas. Após a suplementação houve redução significativa do eritema (vermelhidão) e do 12-HETE (de 64pg/ul para 41pg/ul [p=0,01]), mas os níveis de PGE2 ficaram inalterados. Eles observaram também um aumento significativo das catequinas do chá verde na pele como a epicatequina (EC), epigalocatequina (EGC), epicatequina-3-galato (ECG) e epigalocatequina-3-galato (EGCG).

“O presente estudo indica que, após a ingestão oral, as catequinas do chá verde alcançam a pele e suprimem a molécula pró-inflamatória 12-HETE e o eritema induzido pela radiação solar. A modulação de moléculas pró-inflamatórias através da suplementação com compostos bioativos nutricionais é uma estratégia atraente para fotoproteção em seres humanos e pode representar uma abordagem complementar aos filtros solares tópicos”, destacam os autores.

“No entanto, por se tratar de um estudo preliminar, mais estudos são necessários para demonstrar o seu potencial benefício fotoprotetor do chá verde em longo prazo”, concluem.

Leia mais:

Quais são as aplicações clínicas do chá verde?

Qual a diferença entre o chá verde de saquinho, folhas secas avulsas ou em cápsulas?

Referência (s)

Rhodes LE, Darby G, Massey KA, Clarke KA, Dew TP, Farrar MD,et al. Oral green tea catechin metabolites are incorporated into human skin and protect against UV radiation-induced cutaneous inflammation in association with reduced production of pro-inflammatory eicosanoid 12-hydroxyeicosatetraenoic acid. Br J Nutr. 2013:1-10.

Leia também



Cadastre-se e receba nossa newsletter