fbpx

7 alimentos que aliviam os sintomas da menopausa

Postado em 4 de fevereiro de 2019 | Autor: Redação Nutritotal

Quando consumidos com regularidade, eles podem ajudar a afastar a fadiga, o cansaço e o mal-estar.

Tem dias em que o estresse e a ansiedade chegam ao limite, o que acaba por desgastar o corpo com fadiga, cansaço e até mal-estar. Nas mulheres, esses sintomas podem estar associados à menopausa, e comprometer a saúde óssea e cardiovascular. Para ajudar a aliviar o incômodo, bons hábitos de saúde são fundamentais, como o consumo dos alimentos certos em uma dieta equilibrada.

Nessa fase da vida é também muito importante manter a prática regular de atividades físicas, pelo menos três vezes por semana. Combinando os exercícios com uma boa alimentação, os sintomas da menopausa aparecem com muito menos intensidade. Então escolha a atividade de sua preferência e anote os alimentos que merecem um lugar na dieta nessa etapa. A seguir você confere 7 deles:

Miniguia de alimentos para ajudar menopausa

Algumas substâncias dão uma força e tanto ao corpo nessa etapa da vida da mulher.

Mesa com peixes, carnes, ovos e laticínios sendo servidos

Itens de origem animal são bem-vindos | Imagem: Shutterstock

 1. Chocolate

O cacau é um alimento rico em polifenóis, um composto que demonstrou ser capaz de reduzir o estresse tanto em indivíduos altamente irritados quanto em pessoas saudáveis. Zinco e cálcio são outros minerais úteis e presentes em uma barra de chocolate que ajudam a fortalecer os ossos durante a menopausa. Mas atenção: para saborear esses efeitos, o ideal é optar por um chocolate com alta porcentagem de cacau (acima de 70%) e pouco açúcar, como o amargo.

 2. Iogurte

Cálcio e vitamina D são essenciais para quem sofre com os sintomas da menopausa. Mas nem todos os derivados do leite são bons o bastante para a saúde feminina, já que o leite e a manteiga  são ricas em gorduras que podem prejudicar a mulher ao invés de ajudá-la. Por isso, o melhor derivado nesse caso é o iogurte natural, que conta com baixo teor de gordura e mantém os nutrientes benéficos. Outra opção inclui os probióticos naturais como o kefir.

 3. Leguminosas

Um estudo feito na Universidade de Leeds, no Reino Unido, com 14.150 mulheres investigou a eficácia de alimentos como proteína de soja, ervilha e feijão para combater os efeitos da menopausa. E concluiu que todas essas leguminosas possuem um nutriente que atua positivamente e pode atrasar em até um ano os efeitos prolongados da menopausa.

 4. Mel

É usado há anos para acalmar as pessoas e, por trás de sua doçura, contém verdadeiros poderes relaxantes. Também é rico em antioxidantes e flavanoides que, juntos, amenizam os sintomas de menopausa.

 5. Mirtilo

Assim como o cacau, essas pequenas frutas são ricas em antioxidantes e polifenóis, substâncias que, entre outros aspectos positivos, podem ajudar a controlar o estresse. O estresse, por sua vez, pode aumentar a ansiedade relacionada à menopausa e às mudanças de humor. No Brasil, a maneira mais fácil de encontrar mirtilo é comprando a fruta congelada. Mas, se preferir, outra frutinha com os mesmos poderes é a amora. Com menos de 100 calorias por xícara, as amoras fornecem fibras e vitamina C.

 6. Ovo

Rico em proteína, o ovo foi classificado como um dos alimentos essenciais para uma dieta que visa amenizar os efeitos da menopausa. Mas, atenção: os autores do estudo priorizaram o consumo das claras, já que a gema possui gorduras que poderiam atrapalhar o efeito benéfico.

 7. Peixe

É rico em proteína, vitamina D e ômega 3, três ótimos nutrientes para agir no corpo das mulheres em menopausa. O mesmo estudo de Leeds calculou que, quanto maior o consumo de peixes oleosos dentro de uma dieta diária, menores as chances de se sentir os efeitos da menopausa, podendo retardar até três anos o início dos sintomas.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referências bibliográficas:

Ahmed Al Sunni and Rabia Latif. Effects of chocolate intake on Perceived Stress; a Controlled Clinical Study. Int J Health Sci (Qassim), 2014.

Baeza, I, De La Fuente, F. The Role of Polyphenols in Menopause. Nutrition and diet in menopause, 2013.

Karamati M., Jessri M., Shariati-Bafghi SE, Rashidkhani B. Dietary Patterns in Relation to Bone Mineral Density Among Menopausal Iranian Women. Calcif Tissue Int., 2012.

Dunneram Y., Greenwood DC., Burley VJ., Cade JE. The paper Dietary intake and age at natural menopause: results from the UK Women’s Cohort Study. J Epidemiol Community Health.2018

Israili, ZH. Antimicrobial Properties of Honey. Am J Ther., 2014.

Leia também