fbpx


Teste: o que comer e o que evitar no pré-treino

Postado em 4 de abril de 2022 | Autor: Redação Nutritotal

Alimentação e atividade física precisam estar em sintonia para uma boa saúde

O que você costuma comer no pré-treino? Tem quem prefira uma fruta ou algumas castanhas, enquanto outros vão tomar um café mais reforçado. Até tem que opte por praticar atividades em jejum. Mas qual é o mais indicado?

De acordo com os cientistas, a alimentação e a atividade física andam lado a lado, e existem opções mais indicadas para os momentos antes de se exercitar. Por exemplo, os lanches pré-treino teriam como função maximizar os estoques de glicogênio, para que a performance na atividade física seja mais eficaz.

Além disso, é importante saber dosar a quantidade de proteínas e de suplementos consumidos ao longo do dia. Pensando em te ajudar a entender a melhor alimentação para o pré-treino, preparamos um teste baseado em estudos científicos. Confira:

O que comer e o que evitar no pré-treino?

Mulher comendo banana pré-treino

Imagem: Shutterstock

1 – Vamos começar com um café da manhã. Qual opção você escolheria para um lanche pré-treino:

a) pão com mortadela

b) uma banana

c) pularia essa refeição para treinar em jejum

2 – Vai treinar antes do almoço? Qual das alternativas você optaria para comer antes de se exercitar nesse período?

a) uma fatia de queijo processado

b) polpa de açaí natural

c) esperaria para comer na hora do almoço mesmo

3 – Para quem treina uma hora após o almoço, qual prato você escolheria?

a) uma feijoada light

b) frango com arroz integral e legumes refogados

c) acho que a escolha não interferiria no meu desempenho

4 – Pra finalizar, escolha um lanche da tarde pré-treino:

a) granola processada

b) aveia

c) não costumo tomar café da tarde

Resultados:

Se você marcou mais vezes a alternativa A, é melhor ter mais cuidado com as escolhas alimentares pré-treino. Isso porque alimentos ultraprocessados como frios, granolas açucaradas e carnes em geral podem pesar no corpo antes do treino, além de aumentarem a quantidade de gordura no organismo.

Se você marcou mais vezes a alternativa B, está no caminho certo. Alimentos que sejam fontes de carboidratos, mas que não levem componentes ultraprocessados, são ideais para consumo pré-atividade física. É o caso da banana e da aveia, que inclusive, podem virar receitas saborosas como cookies e bolos em conjunto.

No caso da fruta açaí, sem a presença de açúcar ou xarope de guaraná na mistura, pode ser fonte de antocianinas, que atuam como anti-inflamatórios no organismo.

Por fim, se você optou mais vezes pela alternativa C, saiba que também não é o melhor caminho a se seguir. Pular refeições com o intuito de emagrecer ou queimar calorias com os exercícios pode prejudicar seu desempenho durante a atividade e induzir a uma super alimentação posteriormente. Consulte seu nutricionista para montar um plano alimentar adequado para o seu caso.

Veja também: o que comer no pós-treino

Quer saber mais sobre nutrição esportiva? Siga o Nutritotal – Para Todos no Instagram e confira dicas imperdíveis sobre nutrição!

*Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referências bibliográficas:

Jeffrey A. et al. What Should I Eat before Exercise? Pre-Exercise Nutrition and the Response to Endurance Exercise: Current Prospective and Future Directions. Nutrients, 2020.

Stephen L. et al. Metabolic recovery from heavy exertion following banana compared to sugar beverage or water only ingestion: A randomized, crossover trial. Plos One, 2018.

Cristiane S. et al. Analysis of Anthocyanins Extracted from the Acai Fruit (Euterpe oleracea): A Potential Novel Vital Dye for Chromovitrectomy. Journal of Ophthalmology, 2018.

Victor L. et al. Oatmeal-Containing Breakfast is Associated with Better Diet Quality and Higher Intake of Key Food Groups and Nutrients Compared to Other Breakfasts in Children. Nutrients, 2019.

-

Assine nossa newsletter: