fbpx


Dietas vegetariana e vegana são seguras durante a gestação?

Postado em 12 de janeiro de 2017 | Autor: Alweyd Tesser | Tempo de leitura: 2 min.

Atenção à vitamina B12 deve ser redobrada em gestantes crianças vegetarianas e veganas

Quando bem planejadas, as dietas vegetarianas e veganas promovem o crescimento e desenvolvimento adequados e podem ser adotadas em qualquer fase da vida, inclusive na gestação.

Seja vegana, vegetariana ou onívora, na gestação, é preciso atentar-se à suplementação de ferro e ácido fólico, pois a falta de ferro pode causar anemia na mãe e problemas durante o crescimento e desenvolvimento do bebê, enquanto a suplementação de ferro previne má formação do tubo neural. 

Além desse nutriente, outro de extrema importância e que, geralmente, já é suplementado pelos veganos e vegetarianos estritos, é a vitamina B12. Um estudo publicado na revista Nutrition Reviews, analisou 30 casos de deficiência grave dessa vitamina durante a gravidez em mulheres veganas, bem como em mulheres com anemia perniciosa. Entre as 30 mulheres veganas que apresentaram deficiência de B12 durante a gravidez, cerca de 60% dos seus descendentes tiveram atrasos graves de desenvolvimento e 37% tinham atrofia cerebral. Com a reposição, muitos dos sintomas neurológicos nos lactentes melhoraram imediatamente, mas ao longo do tempo, 50% dos bebês ainda apresentaram atrasos no desenvolvimento, mesmo com a suplementação de B12. 

Esses resultados demonstram que efeitos negativos a longo prazo podem ocorrer pela deficiência de vitamina B12 durante a gestação. Dessa forma, gestantes vegetarianas devem ser orientadas por obstetras e nutricionistas sobre a suplementação dessa vitamina.

A B12 pode ser produzida na forma de cápsulas vegetais ou gotas, na dose de pelo menos 10 mcg por dia para manutenção do nível adequado. Devido às particularidades do metabolismo dela, doses de até 1.000 mcg por dia podem ser prescritas pelo nutricionista, conforme achados laboratoriais.

De acordo com o Guia Brasileiro de Dietas Vegetarianas para Adultos, a forma mais simples de avaliar a vitamina B12 é pelo nível sérico (dosagem da vitamina B12 sérica) e o ideal é que os valores estejam acima de 490 pg/mL. Quando houver deficiência, é preciso utilizar dose elevada da vitamina e, em alguns casos, a via injetável (sob prescrição médica). 

Referências

Dror DK, Allen LH. Effect of vitamin B12 deficiency on neurodevelopment in infants: current knowledge and possible mechanisms. Nutr Rev. 2008 May;66(5):250-5. doi: 10.1111/j.1753-4887.2008.00031.x. PMID: 18454811.

Mangels R, Messina V, Messina M. The Dietitian´s Guide to Vegetarian Diets – Issus anda Applications. Third edition. Jones &Bartlett Learning 2011.

Guia Alimentar de Dietas Vegetarianas para Adultos da Sociedade Brasileira.

Leia também



Cadastre-se e receba nossa newsletter