>


Segurança Alimentar, Biotecnologia e Saúde

Postado em 16 de janeiro de 2023

A biotecnologia é a ciência que utiliza processos biológicos para desenvolver produtos que possam oferecer algum tipo de benefício para os seres humanos. Infelizmente, ainda existe muita desinformação sobre a biotecnologia, bem como sobre a transgenia e a agricultura convencional moderna.

Pensando nisso, neste novo podcast, convidamos a profissional Dra Mariela Berezovsky, farmacêutica-bioquímica com especialização em alimentos pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo (FCF-USP), para desmistificar alguns conceitos envolvendo segurança alimentar, biotecnologia e saúde.

Alimentos orgânicos  x  convencionais

Anteriormente, já discutimos as diferenças entre os alimentos orgânicos e convencionais. Mariela relembra essas distinções, e dá enfoque para a principal diferença ser em relação ao cultivo, mas não à segurança ou ao teor de nutrientes.

No podcast, é levantado um estudo da Universidade de Stanford, na qual 237 pesquisas são revisadas para se chegar à conclusão de que não há evidências de uma diferença nutricional significativa entre alimentos orgânicos e convencionais. O mais importante para a saúde, portanto, é a priorização de alimentos frescos, independentemente da sua forma de produção.

Transgênicos são seguros?

A Dra Mariela também comenta sobre a segurança dos alimentos transgênicos. Com muita didática, a profissional explica que o melhoramento genético é uma prática milenar, e praticamente todos os alimentos que consumimos hoje passaram por alguma etapa de melhoramento.

É importante entender a diferença entre o melhoramento tradicional, feito a partir de seleção e reprodução de plantas com características desejáveis, e o melhoramento proveniente da transgenia, realizado em laboratório com um nível de precisão que não seria possível na natureza.

Além disso, ressalta-se o histórico de utilização segura dos transgênicos há mais de 25 anos, sem nenhum registro de impacto negativo para a saúde.

Importância da biotecnologia para a segurança alimentar

Recentemente, foi divulgado que atingimos a marca de 8 bilhões de pessoas ao redor do globo. Até 2050, é estimado que esse número cresça para 10 bilhões. De modo a garantir a alimentação saudável para toda a população mundial,  a Dra. Mariela enfatiza a importância da biotecnologia, com a criação de culturas:

  • Mais resistentes à seca;
  • Mais adaptadas às condições de solo;
  • Com maior produção em menores espaços;
  • E até mesmo alimentos com teores maiores de nutrientes.

Para saber mais sobre os benefícios da biotecnologia para a alimentação, clique aqui.

Estas e outras informações riquíssimas são discutidas no podcast disponível abaixo. Ouça agora!

Leia também:

 

 

Cadastre-se e receba nossa newsletter