>


Adiposidade ou deficiência de vitamina D: o que aumenta mais o risco de doenças?

Postado em 28 de novembro de 2022 | Autor: Nutritotal Redação (Nutritotal)

Os níveis de vitamina D parecem ser um fator de confusão influenciado pelo aumento de adiposidade no risco de desenvolvimento de doenças.

A vitamina D é objeto de muitos de estudos há algum tempo. Seu potencial de melhora no perfil imunológico bem como o aumento da deficiência desse composto na população colaboraram para o aumento do interesse na sua investigação nas últimas décadas.

Vitamina D adiposidade doenças

Com essa premissa, diversos estudos indicaram uma associação entre a deficiência de vitamina D e o aumento do risco de doenças, principalmente as crônicas não-transmissíveis. Entretanto, há evidências que parecem indicar uma ineficiência da suplementação de vitamina D na prevenção de doenças desse tipo.          

Uma possível explicação para esses achados contrastantes é a possibilidade desses estudos que atestam ineficácia da suplementação terem sido suscetíveis a vieses, que comprometem a veracidade dos resultados. Vários fatores externos podem influenciar nos níveis de vitamina D, como o próprio IMC, fatores inflamatórios que diminuem o conteúdo dessa vitamina no organismo.

Pensando nisso, um grupo de cientistas realizou um estudo aplicou uma Randomização Mendeliana (RM) ao longo da vida para investigar os efeitos independentes da infância e do tamanho do corpo adulto nos níveis de 25-hidroxivitamina D (25OHD) medidos durante a infância e durante a vida adulta.

Metodologia de estudo

O estudo em questão foi conduzido a partir de uma associação genômica ampla em 463.005 participantes, tendo sido relatados seu tamanho corporal aos 10 anos de idade e seu IMC atual medido. A partir disso, foram obtidas as estimativas genéticas do nível de vitamina D na idade adulta seguindo o estudo de associação genômica.

Seguindo esses dados, foram conduzidas as análises de RM para estimar os efeitos esperados da adiposidade nos níveis de vitamina D na infância, bem como na fase adulta.

Efeito da adiposidade nos níveis de Vitamina D

Os resultados do estudo realizado indicaram que o IMC na infância possui efeitos diretos nos níveis de vitamina D em crianças. Os mesmos resultados foram obtidos no que diz respeito à idade adulta, a adiposidade e IMC atuam diretamente nos níveis séricos dessa vitamina.

Dessa forma, os dados do estudo também chegaram a conclusão de que IMC elevado e excesso de adiposidade durante a infância influencia indiretamente os níveis de vitamina D na idade adulta, o que pode ser devido ao seu efeito persistente durante todo o curso da vida.

Aumento do risco de doenças

Tendo em vista os resultados encontrados, de que um aumento da adiposidade exerce uma influência significativa na diminuição dos níveis de vitamina D, separar fatores causais de fatores de confusão é extremamente importante ao se avaliar o que realmente aumenta o risco de doenças.   

Com essa premissa, trabalhos anteriores que sugerem que o efeito de baixos níveis de vitamina D no desenvolvimento de Diabetes Mellitus tipo 1 podem ter sofrido com esses fatores de confusão. O risco aumentado da DM1, a partir do que sugerem os resultados, é influenciado pelo IMC e adiposidade na infância, não pelos níveis de vitamina D, como era indicado.

Além da Diabetes Mellitus tipo 1, algumas revisões recentes atestam o potencial de prejuízo que baixos níveis de vitamina D podem ter no desenvolvimento de doenças cardiovasculares e alguns tipos de câncer. Porém, não há evidências suficientes que comprovem a relação direta de causalidade entre esses fatores.

Portanto, é possível observar a importância de se delimitar de forma correta os fatores de confusão ao associá-los com o aumento do risco de doenças. Mais estudos são necessários para avaliar os verdadeiros fatores causais nessas condições e separar aqueles que possam trazer confusões aos resultados, impactando em toda a comunidade médica e científica.

Conclusão

Por fim, os autores do estudo sugerem que o risco aumentado das doenças é influenciado de forma mais evidente pelo aumento da adiposidade, tendo sido os níveis de vitamina D um fator de confusão, visto que o aumento de adiposidade, principalmente na infância, resulta em efeitos diretos na diminuição da Vitamina D no organismo. 

Gostou desse conteúdo? Confira também: 

Referência

Richardson TG, Power GM, Davey Smith G. Adiposity may confound the association between vitamin D and disease risk – a lifecourse Mendelian randomization study. Elife. 2022 Aug 8;11:e79798. doi: 10.7554/eLife.79798. PMID: 35938910; PMCID: PMC9359699.

Leia também



Cadastre-se e receba nossa newsletter