fbpx


Suplementos pré-treino, o que funciona?

Postado em 16 de setembro de 2021 | Autor: Aline Palialol | Tempo de leitura: 3 min

Veja quais são os melhores suplementos antes do treino e o por quê

Suplementos pré-treino

É perceptível como a procura por entender a alimentação e o uso de suplementos é maior em praticantes de atividade física. Segundo estudo publicado em 2019, 80% dos entrevistados (praticantes de crossfit), utilizavam suplementos antes e depois do treino. Sabe-se que o uso de suplementos contribui para um maior ganho de massa muscular e melhora no desempenho esportivo, mas, quais suplementos podem colaborar com esses objetivos se consumidos antes dos treinos?

Em geral, as pesquisas demonstram que os principais suplementos consumidos são os proteicos como Whey protein, aminoácidos de cadeia ramificada (BCAA), creatina, vitaminas, termogênicos, glutamina e hipercalóricos.  Mas, é importante ressaltar que no pré-treino o objetivo da ingestão alimentar e de suplementos, deve ser, principalmente, fornecer energia. Então, as escolhas devem priorizar alimentos e suplementos que deem energia suficiente para que o treino seja como o esperado.

Entre os suplementos benéficos antes do treino, reconhece-se:

Suplementos à base de cafeína

Estudos mostram que a cafeína tem efeitos ergogênicos sobre a força física, ou seja, efeitos que promovem um melhor desempenho. No entanto, pode provocar alguns efeitos ergolíticos (redutores do desempenho) como: ansiedade, agitação, diurese, tremores, insônia e calor.

Suplementos à base de carboidratos

Além de manter os níveis glicêmicos durante o exercício, podem até proporcionar sensação de prazer diante do esforço realizado.

Suplemento de beta-alanina

Produzida no fígado, a beta-alanina é um precursor de carnosina, a qual age na redução de lactato, substância formada após fadiga muscular. Sendo assim, suplementos que têm beta-alanina são úteis no pré-treino, visto a capacidade de postergar o cansaço dos músculos.

Creatina monohidratada

A creatina é um substrato para produção de energia rápida, via ATP-CP, sendo útil principalmente em esportes de explosão, como futebol e corridas de tiro, em que um movimento dura poucos segundos. Estudos também sugerem que o uso da creatina no pré-treino pode aumentar a força muscular em treinamentos de resistência, além de reduzir lesões musculares.

Bebidas isotônicas

Durante o exercício, ao transpirar nosso organismo libera além de água, sais minerais, nutrientes e vitaminas. As bebidas isotônicas, compostas por carboidratos e nutrientes semelhantes aos que nosso corpo libera, servem como um repositor e controlador dessa perda, pois previnem uma rápida desidratação. Seu uso é, então, mais indicado durante o treino.

Gel de carboidrato

Como já foi mencionado, a intenção do pré-treino é fornecer energia para o corpo, logo, substâncias à base de carboidratos como os géis, são boas fontes de energia que auxiliam na recuperação e manutenção do desempenho durante os exercícios. Além de serem práticos e facilmente consumíveis, os géis possuem outros nutrientes em sua composição e funcionam como as bebidas isotônicas, repondo as perdas das atividades físicas, sendo mais bem aproveitados, também, se consumidos durante a prática.

Para indicar um suplemento pré-treino, sempre devemos avaliar o paciente de forma individual. Para a maioria das pessoas, praticantes de atividade física com fins de recreação, ajustes na alimentação do dia e da refeição pré-treino podem ser suficientes para atender a maior necessidade energética do exercício. Além disso, a preferência do paciente e capacidade digestiva devem, também, ser consideradas.

 

Referências

ARAGÃO, Ariany Rodrigues; FERNANDES, Daniela Canuto. Consumo Alimentar e de Suplementos no Pré e Pós-Treino em Homens Praticantes de Musculação em Goiânia, Goiás. Revista EVS-Revista de Ciências Ambientais e Saúde, v. 41, p. 15-29, 2014.

Costa, Telma Aparecida et al. Suplementação com bebida artesanal que contém carboidrato em atletas da ginástica rítmica. Revista Brasileira de Ciências do Esporte. 2017, v. 39, n. 2. ISSN 2179-3255. https://doi.org/10.1016/j.rbce.2016.02.009.

DA SILVA, Guilherme Guimarães Melgaço et al. Suplementos alimentares para desempenho físico e composição corporal: condutas baseadas em evidências. Brazilian Journal of Health Review, v. 4, n. 2, p. 7304-7318, 2021.

DE LIMA LINS, Tulio Cesar; DE SOUZA, Luiz Paulo Vieira. Dieta pré e pós treino em praticantes de crossfit®: um perfil qualitativo do consumo de alimentos e suplementos. RBNE-Revista Brasileira De Nutrição Esportiva, v. 13, n. 82, p. 946-953, 2019.

FERREIRA, Carolina Caberlim et al. Atualidades sobre a suplementação nutricional com beta-alanina no esporte. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva, v. 9, n. 51, p. 271-278, 2015.

LOPES, Priscila Rita Niquini Ribeiro. Efeitos ergogênicos da ingestão de cafeína sobre variáveis bioquímicas e de desempenho anaeróbico. 2015. 93f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2015.

Pinto, Antônio Carlos Lopes et al. Água de coco em pó como suplemento hidroeletrolítico e energético para atletas. Revista Brasileira de Medicina do Esporte [online]. 2015, v. 21, n. 5, pp. 390-394. ISSN 1806-9940. https://doi.org/10.1590/1517-869220152105141533.

Cadastre-se e receba nossa newsletter